Analytics

19.1.11

Livros de família, tendência crescente no mercado editorial




Com a modernização dos serviços gráficos e a possibilidade cada vez maior de se fazer pequenas tiragens a baixo custo, cresce no mercado o segmento dos chamados "livros de família" ou livros pessoais, cujo objetivo é divulgar uma mensagem, um pequeno romance, poesias, ou contar fatos de sua vida.
"Todas as pessoas têm histórias de vida muito rica, que dariam bons romances e filmes, a questão é saber como colocar essas histórias no papel", afirma o editor da Limiar, Norian Segatto.


A editora Limiar desenvolve projetos especiais voltados para este segmento. Em "Nosso Legado", João e Eva Klinger, judeus octagenários, deixam para seus filhos e netos um relato emocionante da vida em campos de concentração durante a Segunda Guerra mundial. Ambos só vieram a se conhecer no Brasil, se casaram, reconstruíram suas vidas e deixaram este legado que mescla a história da ocupação alemã na Tchecolosváquia com fotos e documentos pessoais da infância e juventude de Eva e João.

Já em "Fé nos revezes da vida", os filhos do "seo" Pacífico Sparvoli quiseram fazer-lhe uma homenagem no aniversário de 50 anos de casamento com dona Lourdes. O presente, além da festa, foi um livro com suas memórias e fotos.

"Em ambos os livros destacamos uma escritora para redigir o texto a partir de entrevistas com os protagonistas, fizemos a pesquisa histórica, ouvimos parentes e amigos para confirmar fatos e versões e realizamos um cuidadoso trabalho de tratamento de imagens, algumas fotos têm mais de cem anos e estavam em estado de conservação bastante precário", informa Segatto.

Caso você queira saber mais sobre esses e outros projetos editoriais desenvolvidos pela Limiar, entre em contato conosco preenchendo o formulário neste blog.