6.2.20

Severina: a história de uma guerreira

Severina Acioli comemora seu aniversário de 70 anos



João Cabral de Melo Neto, em sua obra capital, afirma que há muitos severinos, iguais em tudo e na sina. Esta, porém, é a história de uma Severina única, que, a partir da consciência política, ousou mudar o destino consagrado a tantos migrantes.

O livro Tantas vidas Severina, que será lançado em breve pela Limiar, é um relato comovente de Severina Acioli, à sua prima, a jornalista Nete Moraes, que assina a autoria do livro.
A ideia do livro começou em 2012, quando Severina tinha 62 anos, mas só se completou agora, oito anos depois; mais uma vitória dessa guerreira, que entre tantas batalhas, luta há 20 anos contra o câncer.

Severina veio ainda menina do Nordeste para a Zona Leste de São Paulo. Catou latinhas, papelão e o que pudesse encontrar nas ruas para vender e ajudar a família. Aos 14 anos começou a trabalhar em uma fábrica. No emblemático ano de 1968 passou a ter contato com jovens da Juventude Operária Católica (JOC), frequentava reuniões, se informava e no caldo da convivência com a igreja progressista e o chão de fábrica, desenvolveu uma profunda consciência de classe. Na JOC conheceu Osvaldo (Juruna), que viria a ser líder sindical e seu companheiro por toda a vida.
Severina se engajou ativamente na militância popular, no Movimento Contra a Carestia, nos anos 70. 

Severina em cena do doc A luta do povo
Em 1979, com o assassinato do operário metalúrgico Santo Dias, explodem as manifestações de rua contra a ditadura militar. Parte desse período é contado no documentário A luta do povo (1980), de Renato Tapajós, no qual Severina participa. 

Entrou na faculdade aos 38 anos para cursar Serviço Social e continuar sua vocação em prol dos mais necessitados.

Essa guerreira chega aos 70 anos ainda em luta contra a doença, mas sem perder o brilho no olhar e o sorriso de quem sabe ter feito de sua vida não uma passagem pelo planeta, mas ter deixado sementes de consciência e luta política.

Outros relatos de sua vida podem ser conferidos no emocionante livro/depoimento Tantas vidas Severina – memórias e experiências de superação.   

O livro estará em pré-venda pelo site da Limiar a partir de 10 de fevereiro. Previsão de lançamento do livro, dia 20 de fevereiro. 



Um comentário:

  1. Parabéns Nete Moraes pela iniativa de trazer as memórias esta mulher guerreira, com uma história de vida e de luta que seu nome contempla: Severina.

    ResponderExcluir