11.9.20

“A fantasia, o design e a literatura para a infância” recebe prêmio de melhor livro do ano pela FNLIJ

  



A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), representante brasileira da Ibby (International Board on Books for Young People), divulgou a lista dos livros contemplados na 46ª edição do Prêmio FNLIJ 2020 - Produção 2019, que avalia as principais obras relativas à literatura para infância e adolescência editados no Brasil. O livro A fantasia, o design e a literatura para a infância, de Michaella Pivetti, publicado pela Limiar, recebeu o prêmio de melhor livro do ano na categoria “teoria”.

Dos 580 livros recebidos, foram premiados 14 títulos, de dez editoras, em 15 categorias (leia abaixo os demais ganhadores).

 

A Fantasia, o design e a literatura para a infância

O livro é o resultado da pesquisa de Michaella Pivetti para sua tese de doutorado, defendida na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAUUSP), em 2018. A obra busca entender a criatividade por trás dos livros ilustrados, olhar o projeto gráfico e o texto como um conjunto único e definir categorias que podem compor uma gramática da fantasia contemporânea da literatura para a infância. Para a autora, nos livros ilustrados o planejamento gráfico é componente ativo do projeto, “são objetos literários em que se mesclam linguagens e signos e podem ser lidos de variadas maneiras, encantando públicos de todas as idades”, afirma.


A fantasia, o design e a literatura para a infância
aborda como o design contribui para a observação de aspectos de originalidade e experimentação em literatura, especialmente para o público infantil. O próprio conceito de fantasia entra em discussão, a partir de Bruno Munari, famoso designer italiano, para quem a fantasia é a faculdade mais livre de todas, complementar à invenção, criatividade e imaginação. Segundo Pivetti, "a fantasia torna-se a criatividade posta em ação pelo trabalho do autor" e, por isso, “é uma chave de leitura ideal”.

Entre a literatura e o design, o livro envolve o leitor em conceitos e análises, viajando pelas obras de grandes teóricos da comunicação e linguística (como Umberto Eco, Vigotsky, Giulio Argan, Bakhtin, Ítalo Calvino, Peter Hunt, Ellen Lupton, Pirandello, Marcella Terrusi,Vladimir Propp e, obviamente, GianniRodari, de quem empresta o conceito base de fantasia) e artistas, designers e ilustradores que marcaram o século 20, como David Wiesner, Maurice Sendak, Paul Rand e Milton Glaser entre outros.

Com este livro, Pivetti destaca a importância do design também para a teoria crítica, na ponte entre a criação e experiência de leitura. "O design é parte necessária da análise de um livro, principalmente se for um livro ilustrado”, diz a autora.


Para realizar sua tese e o livro, além dessas releituras de grandes autores, Michaella Pivetti entrevistou editores nacionais de estrangeiros (como os da Editora Einaudi, na Itália, que publica Rodari), ilustradores como Beatrice Alemagna e esteve na conceituada feira internacional de livros para infância de Bolonha, edição de 2017      

 

Outros premiados pela FNLIJ

Categoria Criança – Pinóquio o livro das pequenas verdades. Texto e ilustrações Alexandre Rampazo. Boitatá

Categoria Jovem Hors-Concours – Caleidoscópio de vidas. João Anzanello Carrascoza. Ilustrações Adriano Catenzaro. FTD

Categoria Jovem – No corredor dos cobogós. Paula Fábrio. Edições SM

Categoria Poesia – Balada da estrela e outros poemas. Texto de Gabriela Mistral. Seleção e Tradução de Leo Cunha. Ilustrações Leonor Pérez. Edições Olho de Vidro

Categoria Reconto – Nós: uma antologia de literatura indígena. Lia Minápoty, Aline Ngrenhtabare L. Kayapó, Ariabo Kezo, Edson Krenak, Tiago Hakiy, Edson Kayapó, Estevão Carlos Taukane, Cristino Wapichana, Jera Poti Mirim, Rosi Waikhon, Yaguarê Yamã, Jaime Diakara. Organização e Ilustrações Maurício Negro. Companhia das Letrinhas  

Categoria Informativo - Lá no meu quintal: o brincar de meninas e meninos de Norte a Sul. Texto de Gabriela Romeu e Marlene Peret. Fotografias Samuel Macedo. Ilustrações Kammal João. Peirópolis

Categoria Informativo - Reinações de Monteiro Lobato: uma biografia. Marisa Lajolo e Lilia Moritz Schwarcz. Ilustrações Lole. Companhia das Letrinhas

Categoria Literatura em Língua Portuguesa – A guerra. José Jorge Letria. Ilustrações André Letria. Ameli Editora

Categoria Tradução Adaptação Criança – O muro no meio do livro. Jon Agee. Tradução Juliana Freire. Ilustrações Jon Agee. Pequena Zahar

Categoria Tradução Adaptação Jovem – Sumachi: uma fábula de amor e aventura. Amós Oz. Tradução Paulo Geiger. Ilustrações Carla Caffé. Companhia das Letras

Categoria Tradução Adaptação Reconto – Na companhia de Bela: contos de fadas por autores dos séculos XVII e XVIII. Seleção, organização e comentários Susana Ventura, Cassia Lesile. Ilustrações e projeto gráfico Roberta Asse. Florear Livros

Categoria Tradução Adaptação Informativo – Tudo sobre Anne. Menno Metselaar e Piet van Ledden. Tradução Yaemi Natumi e Karolien van Eck, NLTranslations.com. Ilustrações Huck Scarry. Companhia das Letrinhas

Categoria Teatro – A comédia dos erros. William Shakespeare. Tradução e adaptação Flavio de Souza. FTD

Categoria Escritor Revelação Paula Fábrio – Escritora do livro No corredor dos cobogós – Edições SM.

Melhor Ilustração Hors-Concours - O colecionador de chuvas. Texto e ilustrações André Neves. Paulinas.

Melhor Ilustração - A rede florida. Graziela Bozano Hetzel. Ilustrações Anna Cunha. Positivo

Melhor Projeto EditorialPinóquio: o livro das pequenas verdades. Texto e ilustrações Alexandre Rampazo. Boitatá

                     

Prêmios Especiais

 Edições Comemorativas (50 ANOS) -  Flicts. Ziraldo. Melhoramentos

 O gênio do crime: uma aventura da turma do gordo. João Carlos Marinho. Ilustrações Mauricio Negro. Global


Nenhum comentário:

Postar um comentário